15 abril 2009

Circuito !

Na semana da Páscoa que agora passou, percorri um caminho no Pombalinho que há muito não fazia! O estado do tempo dessa tarde não era muito convidativo a passeios, o céu alternava entre nuvens um pouco densas e escuras, sinónimo da possibilidade de chuva, com outras mais claras e o sol timidamente a espreitar por trás de bonitos castelos. Mas a temperatura agradável do ar que se fazia sentir, com o vento a soprar levemente de norte para sul, levou-nos a não desperdiçar a oportunidade do momento. Revivemos este circuito com alguma nostalgia, veio-nos à memória os tempos das amoras silvestres, dos gansos e dos pavões da Quinta de Fernão Leite e das eiras que por ali existiam!

Mapa

As imagens são elucidativas dessa agradável volta por uma das “cinturas” externas do Pombalinho, que começou pelo Pátio do Neto e terminou na rua Barão de Almeirim. Poderá fazê-la também, clicando AQUI

5 comentários:

Lourdes disse...

É sempre bom percorrermos os velhos caminhos da nossa juventude e recordarmos os bons momentos vividos na altura.
Bons passeios.
Beijinhos

Guilherme Afonso disse...

Excelente, Manuel Gomes. As fotografias são magníficas. Muito obrigado pelo passeio que nos proporciona, sobretudo aos que estamos longe. Parabéns pelo trabalho, que bem merece ser continuado com outros circuitos.Um grande abraço.
Guilherme Afonso

MGomes disse...

Lourdes Martinho:

Na verdade assim é! Estes caminhos que percorremos na nossa juventude, sempre perdurão como sinais de aventura e descoberta de muitas coisas que mais tarde viemos a perceber o quanto de importantes são na vida de todos nós!

Beijinho e obrigado pela visita!

MGomes disse...

Obviamente, que no comentário anterior queria dizer [perdurarão] em vez de perdurão!!!!

MGomes disse...

Guilherme Afonso:

Caro Amigo, muito obrigado também pelo seu comentário!As suas palavras são sempre muito estimulantes e por via disso aproveitarei com todo o gosto a sua pertinente sugestão! Irei concerteza, em tempo oportuno, concretizar outros possíveis circuitos à volta do nosso Pombalinho!

Com amizade, um grande abraço!