27 abril 2008

A Ponte da nossa saudade!

Ponte Al


"A Ponte é uma passagem para a outra margem", disse e cantou alguém! A Ponte da alverca de Fernão Leite foi muito mais do que uma travessia, era destino de inúmeros passeios dominicais que muitos jovens escolhiam para desfrutarem de amenas tardes primaveris nessa arejada e bonita zona campestre do Pombalinho. Os tempos de hoje são outros e as escolhas compreensívelmente orientam-se por padrões de tal modo diferentes que a deslocação para os grandes centros na procura de ritmos e figurinos sociais diferentes processa-se com toda a naturalidade. Mas esta Ponte teve história na vida do Pombalinho (como nas Festas Populares de 1919 em que houve iluminação e um coreto flutuante na Alverca para abrilhantar os respectivos festejos) e se queremos que o vazio do seu esquecimento não nos perturbe sentimentalmente a memória, devíamos de facto ter desenvolvido alguns esforços no sentido da preservação desta estrutura deixada à sua sorte, desde que surgiu uma via paralela em sua substituição. Sabemos da dificuldade que seria concretizar qualquer projecto que passasse pela reconstrução, uma vez que as entidades responsáveis pela sua manutenção a deixaram ao abandono! Mas talvez com um pouco de boa vontade do poder local, tivesse sido possível salvar a Ponte da Alverca e hoje quando ali passássemos, antes de entrarmos no Pombalinho, podíamos orgulhosamente olhar para ela e sorrirmos, como se a sua história ali estivesse viva nas memórias de quantos por ali passaram..., para a outra margem!

Sem comentários: