28 abril 2007

Festa da Primavera - 1

Decorreu hoje com muita animação e bastante alegria a Festa da Primavera realizada pelos utentes do Centro de convívio da Casa do Povo do Pombalinho. Foi muito agradável verificar o ambiente familiar que reinou ao longo deste último sábado de Abril nas instalações da Casa do Povo, que com a sua estimada colaboração nesta iniciativa, proporcionou aos mais idosos da nossa terra momentos de rara beleza e até de uma certa felicidade, bem estampada em alguns rostos já tão marcados pela vida.


No recinto onde se realizou a Festa, havia, como muito bem documenta a imagem, um cantinho com várias guloseimas regionais, sempre tão do agrado de todos.

O nosso amigo Joaquim Mateiro, não quis deixar de estar presente nesta Festa e até de prestar a sua colaboração na venda da doçaria regional.



Uma amostra com fritos bem apetitosos, de entre muitos outros da nossa doçaria regional que estiveram ao dispor de quem os quisesse provar.


Um dos momentos altos destas Festas foi a representação teatral da Maria Júlia Cavaco e de Manuel Gomes, da peça que levaram ao teatro Sá da Bandeira de Santarém, integrada no desfile de Vestidos de Chita. Aqui momentos antes do início da entrada em cena, Manuel Gomes ouvindo os últimos conselhos da Dra Gisela.


O mesmo se passou com a Maria Júlia, ouvindo também alguns pormenores de acerto da representação pela voz das Dras Gisela e Fátima.

Aqui, poucos momentos depois do início da representação.


O par Manuel Gomes e Maria Júlia Cavaco, já na fase da preparação do piquenique.



E depois do lanche... a troca simbólica de um gesto de amizade.



Aqui já na fase final, depois de terem ouvido fortes aplausos por parte dos presentes a esta bonita representação teatral.



Depois seguiram-se momentos de natural distração ao som do acordeonista presente, Nelson Pisco.


Um dos pares mais bem dispostos nesta Festa da Primavera.


O início da actuação do Rancho Folclórico de Vale de Figueira



Já que Vale de Figueira é terra do Ribatejo, o imprescindível Fandango ... pois claro.


Um dos pares mais brilhantes deste magnífico Rancho Folclórico de Vale de Figueira, numa das suas últimas actuações nesta Festa da Primavera.

Como nota final, o Pombalinhense não quer deixar de sublinhar o facto da existência de um clima de enorme simpatia que esteve sempre presente nesta Festa da Primavera e também o reconhecimento pelo esforço louvável das Dras Fátima e Gisela em tudo que esteve relacionado com este evento, para elas, um enorme aplauso, se é que poderei falar por eles, da população do Pombalinho e em particular dos seus idosos.

Sem comentários: