01 dezembro 2006

Cheia em Novembro de 2006

Imagem registada do Páteo do Neto com vista para os campos agrícolas a sul do Pombalinho. Esta é normalmente a zona sempre mais atingida pelas águas provenientes das cheias do rio Tejo.
Outra bela imagem que a cheia sempre proporciona, tirada do Páteo do Neto e que bem ilustra de como ficou alagada toda a sua zona adjacente

Registo de como ficou algumas áreas alagadas em zona anexa residencial, junto ao Páteo do Neto

Assim ficaram os campos agrícolas adjacentes à Rua Manuel Monteiro Barbosa

Imagem bem ilustrativa do nível que a água atingiu na Rua 1º de Dezembro

Esta outra imagem do cruzamento da Rua 1º de Dezembro com a Rua Manuel Monteiro Barbosa, mostra bem pelas marcas deixadas na parede da varanda desta moradia, até onde chegou o nível das águas.

1 comentário:

vanessa rodrigues condesso disse...

disse-me a minha mae que no ano 79 tambem ouve uma cheia muito importante.diga-me alguma coisa ao repeito, obrigado.