04 junho 2012

Força Pombalinho !!!


Porque o  momento que atravessamos assim o exige, não quer o "Pombalinhense" deixar de manifestar o seguinte:

1 - Fruto de uma  proposta de Lei  governamental  sobre a Reforma da Administração Local, está hoje o Pombalinho, a par de muitas outras freguesias a nível nacional,   perante um desafio de que não há memória na sua história mais recente! 

2 – Pensamos que seja generalizado o sentimento  de que se nada for feito de forma  a contrariar os objectivos dessa Reforma, a freguesia do Pombalinho será extinta  como autarquia autónoma  e   integrada  numa outra  freguesia no concelho de Santarém, mais propriamente na de  São Vicente do Paúl. 

3 - Como defendeu e bem a mesa que presidiu  à  Assembleia Popular realizada no dia 03 de de Junho na Escola Velha, este processo de agregação, a ser concretizado,  em nada viria a beneficiar  o  Pombalinho,  quer quanto ao eu passado quer no que diz  respeito ao seu futuro.   

4 -  Mas apesar de tudo há  alternativa, assim o Pombalinho e as suas gentes por ela lutem! Num estudo de trabalho  excelentemente elaborado  pelo Presidente da Junta, Luis Filipe  e  à   luz do artigo 15 º (redefinição de circunscrições territoriais) da Proposta de Lei nº 44/XII que deu origem a esta Reforma,  existe a  possibilidade  do território do Pombalinho ser transferido  para o concelho da Golegã, mediante acordo entre os municípios interessados. Ou seja, o Pombalinho poderá transitar, na qualidade de autarquia autónoma, do concelho de Santarém para o concelho da Golegã.
    
5 – Consideramos ser  esta a melhor opção que a população do Pombalinho pode tomar, tendo como factores justificativos de inegável importância,   a  necessária preservação da sua história, a defesa do seu presente e simultaneamente o acautelamento do seu futuro!  

6 -  Para isso contribui o facto do  Pombalinho estar, como aliás sempre esteve,  inegavelmente  mais perto da Golegã  do que de Santarém. Existem indicadores sócio-económicos e até culturais que nos aproximam mais da planície dos campos da Golegã  do que para além dos Chões! E a aplicação desta   Reforma Administrativa não pode deixar de levar em linha de conta  um objectivo primordial que assiste às populações envolvidas, que é o seu bem estar! Tem esta proposta de promover  a  aproximação em vez de criar ou  provocar quaisquer sentimentos de afastamento, aliás  como se pode deduzir da própria justificação do governo aquando da criação desta  proposta de Lei e onde se pode ler que o  pressuposto que lhe deu origem  foi:  " O reforço da coesão nacional, a melhoria da prestação dos serviços públicos locais e a optimização da actividade dos diversos entes autárquicos constituem objectivos prioritários do Governo" .

7 -  Assim sendo, o  Pombalinho vir a pertencer ao concelho da Golegã, será  uma forma natural  de oficializar administrativamente uma relação que de há  muito existe aos mais  variados níveis da vida das duas populações!  Manter essa ligação e aprofundar o intercâmbio daí criado é sem dúvida o caminho correcto a dar a esta Reforma que nos é proposta.

8 – De referir também que este deve ser apenas  o desafio  a  que todos os  pombalinhenses  se devem  dedicar com toda a  energia   nesta hora! Misturar ou sequer  incluir na  "ordem de trabalhos"  outros pontos,  pode  efectivamente retirar força ao que consideramos ser de momento o mais importante  para o Pombalinho!

9 - Por último, não pode o  "Pombalinhense",  mais uma vez,   deixar de se congratular pelo  trabalho desenvolvido pelos actuais dirigentes da Junta de Freguesia do Pombalinho  na defesa dos reais interesses  da sua população!  Força  Pombalinho!!!

1 comentário:

Pombalinho em Movimento disse...

Obrigado Manuel. Contamos contigo. O Pombalinho conta contigo. Precisamos de todos.