20 julho 2015

As nossas expectativas..., segundo Ana Isabel Caixinha


Na Reunião Ordinária da Câmara Municipal da Golegã,  realizada  no dia 1 de Junho de 2015 no Salão Nobre dos Paços do Concelho,  foi feita uma intervenção pela senhora vereadora Ana Isabel Caixinha que me merece uma resposta na qualidade de Pombalinhense, uma vez que sou visado nas suas palavras.

Disse a senhora que  “ os pombalinhenses criaram expectativas muito altas, com a transferência da freguesia do Pombalinho para o concelho da Golegã.” 

É uma afirmação que por ser proferida numa Reunião Camarária  me merece o máximo  respeito por quem a faz  e é nessa qualidade que me sinto no legítimo direito de tecer algumas considerações ao que foi dito pela  vereadora Ana Isabel Caixinha.

Dizer o que  disse  a senhora vereadora  Ana Isabel Caixinha  sobre  as expectativas dos Pombalinheneses é, se me permite,  desclassificar  a  luta que as gentes do Pombalinho, residentes e não residentes, tiveram na defesa do que acharam ter sido o único  caminho de esperança para a sua terra. Que foi a sua integração no concelho da Golegã.

Que expectativas acha então  a senhora vereadora que os Pombalinhenses deveriam ter? Se as altas estão fora de questão, deviam ser médias? Baixas? Ou nem umas nem outras?

Infiro das suas palavras, senhora vereadora Ana Isabel Caixinha,  um julgamento redutor sobre as expectativas dos Pombalinhenses! Propõe-nos o  conformismo como o único  caminho a seguir ?!!!

Permita-me dizê-lo, senhora vereadora, mas considero despropositada a sua afirmação! Por uma questão de razoabilidade nunca se pode minorar as expectativas dos Pombalinheneses quando é do conhecimento público a necessidade urgente de intervenções  estruturais no Pombalinho que possam propiciar melhores condições de vida, justas e merecidas, à  sua população.


Perante a situação que o Pombalinho hoje vive,  mal de nós Pombalinhenses se não acreditássemos no futuro, sempre!  A senhora vereadora Ana Isabel Caixinha não pode, por isso,  desvanecer o nosso sonho e vontade colectiva de reivindicarmos tudo a  que temos direito!






Aceite os meus Melhores Cumprimentos

Manuel Gomes







06 julho 2015

Festa Popular no Pombalinho !


Festa Popular realizada no Largo da Igreja do Pombalinho.
Organização da Junta de Freguesia, com o apoio da população.








O Presidente de Junta, Luís Filipe Santana Júlio,  no uso da palavra.




Actuação da teclista Paula Ribeiro.





Carlos Teixeira e esposa.






António Jorge e familiares com  Diamantina e Ezequiel Leal.





Lurdes  e  Miguel Costa.





Boa disposição não faltou entre os pombalinhenses.





José Gomes e seus familiares.






Ema Minderico, Rosélia e António Manuel Leal.






Diamantina e Ezequiel Leal.






Aspecto da Festa realizada no Largo da Igreja.






Boa disposição entre os presentes na Festa. Georgina Lopes Santana e  Deolinda Gandarez sáo bem o exemplo disso.






Aspecto da Festa realizada no Largo da Igreja.






Aspecto da Festa realizada no Largo da Igreja.






Aspecto da Festa realizada no Largo da Igreja.






Aspecto da Festa realizada no Largo da Igreja.






Aspecto da Festa realizada no Largo da Igreja.






Aspecto da Festa realizada no Largo da Igreja.






Momento dançante ao som da teclista Paula Ribeiro.






Momento dançante ao som da teclista Paula Ribeiro





Momento dançante ao som da teclista Paula Ribeiro.





Aspecto geral da Festa Popular.





A Igreja e o seu Largo, lugares de eleição para realização das Festas Populares do Pombalinho.




Fotos -   Luis Filipe Santana Júlio